O que é inbound marketing?

Já ouviu falar no inbound marketing?

Se você é empreendedor, sabe que uma das suas principais metas é gerar tráfego para a loja virtual.

O motivo é simples: toda e qualquer visita tem o potencial para se transformar em um cliente.

Em outras palavras, se o número de visitas aumenta, aumenta também a possibilidade de venda da loja.

É claro que o marketing é a chave essencial para esse movimento, e você possivelmente já deve estar familiarizado com canais como o Facebook e o Google Ads, mas é bem provável que ainda não tenha escutado muita coisa sobre o inbound marketing.

Opa, mas o que é inbound marketing?

Bom, nós criamos este post para discutir o inbound. Vamos compartilhar algumas informações cruciais e também alguns exemplos de como ele pode ser utilizado nas estratégias de marketing.

O que é inbound marketing?

O inbound marketing (também visto por aí como marketing inbound) é uma estratégia de crescimento comumente utilizada por empreendedores e lojistas que estão querendo aumentar o alcance da marca e conquistar volumes maiores de tráfego.

A estratégia principal do inbound? Proporcionar conteúdos de qualidade em blogs e redes sociais. E sim, há algumas semelhanças com o marketing de conteúdo.

Vale destacar ainda que as estratégias de inbound marketing de sucesso estão baseadas num só conceito: para criar uma relação de confiança com os seus clientes e consumidores, é necessário primeiro proporcionar conteúdos altamente relevantes para essas pessoas.

Se você tem uma loja de utensílios domésticos e culinários, por exemplo, pode compartilhar algumas receitas no blog da loja. Está querendo montar uma loja de roupas? Crie conteúdos exclusivos que mostrem looks completos compostos pelos itens da marca.

Com o inbound marketing, é possível chegar ao cliente de outra forma que não por anúncios pagos – o que pode ser um diferencial importante num mercado altamente competitivo.

Além disso, o inbound também pode ajudar você a gerar um número mais elevado de clientes em potencial, o que aumenta não só a probabilidade de que eles voltem a visitar a loja, mas também a possibilidade de lucrar ainda mais.

Por que adotar o inbound marketing no seu e-commerce?

Vivemos numa realidade em que a informação está sempre presente, mas onde a atenção vem se tornando um traço cada vez mais raro.

O seu público-alvo é rotineiramente bombardeado com anúncios e promoções vindos das lojas mais diversas. Assim como você, essas marcas competem ferozmente para cativar a atenção desses consumidores.

Esse processo, claro, também afeta os clientes – que não só se acostumaram a esse tipo de marketing, mas que hoje também esperam um certo nível de autenticidade ou exclusividade na experiência de compra.

Talvez ainda mais do que isso, esses clientes esperam encontrar marcas que genuinamente se importem com eles.

A nossa realidade altamente conectada também permite que esses clientes possam descobrir, com poucos cliques, algumas informações relevantes sobre os seus produtos, o seu nicho e a sua marca. Por que não, então, usar isso a seu favor – e oferecer, você mesmo, essas informações por meio de uma estratégia de inbound marketing?

O inbound garante a liberdade de criar conteúdos sob medida para o blog da loja, campanhas de caráter altamente visual para as redes sociais e páginas otimizadas para os mecanismos de busca. Tudo isso para que você possa confeccionar uma marca extremamente singular e autêntica.

E são justamente essas pequenas e importantes estratégias que ajudarão você a transformar a sua loja em um e-commerce que realmente se destaque no meio daquele terrível mar de concorrentes.

Como funciona?

Se pudéssemos resumir o inbound marketing em apenas uma palavra, a palavra seria: familiaridade.

Nós já falamos que o inbound está baseado sobretudo no crescimento orgânico da marca, e especialmente na criação de blogs, perfis em redes sociais e conteúdos otimizados com estratégias de SEO.

Mas não é uma questão de escolher apenas uma dessas estratégias. Para que o inbound marketing realmente dê resultados, você precisará combinar todos esses canais de marketing e criar uma identidade virtual para a sua marca.

Dessa forma, você poderá não só converter e fidelizar um número ainda mais alto de clientes (já que o alcance da marca será bem maior do que se ela existisse em apenas um canal), mas também impulsionar o desenvolvimento da sua loja.

A verdade é que não adianta de nada ser um especialista de SEO se o seu site simplesmente não possuir nenhum conteúdo relevante. O mesmo vale para as redes sociais e para os blogs: se você não souber como aproveitar os recursos do Instagram, por exemplo, jamais conseguirá atingir um número significativo de pessoas. E um blog com textos não otimizados para termos-chave de SEO corre o risco de se transformar numa cidade fantasma, pois jamais será descoberto por pessoas interessadas.

Para além disso tudo, no entanto, é importante lembrar que esses três exemplos de inbound marketing não podem existir de maneira isolada: o poder de um está totalmente ligado à presença do outro, e assim por diante.

Se você tem um canal otimizado com inbound, portanto, todos os outros também estarão; e, se um fizer sucesso, os outros também deverão seguir o ritmo.

Inbound marketing: primeiros passos

Assim como quase tudo nessa vida, quanto mais tempo e esforço você direcionar para o inbound, maiores são as chances de que a estratégia comece a dar frutos.

Por isso mesmo, está na hora de discutirmos os primeiros passos para criar e implementar uma estratégia de inbound marketing.

É claro que mergulhar de cabeça num tema desconhecido pode ser assustador; contudo, isso não só faz parte do ser empreendedor, mas também é uma etapa transformadora no processo de aprendizado.

Na próxima seção do post, vamos mostrar como o marketing inbound funciona e de que forma ele pode ser utilizado em um e-commerce (para isso, vamos nos concentrar em três estratégias de inboud marketing).

Estratégia de inbound marketing: blog

O blog é a forma mais comum de marketing inbound adotada por lojas e e-commerces. Se você está hospedando a sua loja na Shopify, aliás, pode criar um blog em poucos instantes.

Antes de começar a escrever o seu blog, pode ser uma boa ideia avaliar com calma o tipo de conteúdo que você pretende criar.

De um modo geral, é importante que esse conteúdo esteja alinhado com as estratégias, os valores e os objetivos da sua loja; além disso, por mais que a ideia seja criar um blog que reflita a voz e a identidade da marca, é bom ter em mente que o objetivo final é proporcionar informações relevantes para visitantes e convertê-los em clientes fidelizados.

A qualidade dos textos, portanto, é essencial – desde a qualidade ortográfica até a qualidade do conteúdo publicado –, pois o blog nada mais é do que uma extensão da sua marca.

Se você preferir, pode assumir a criação dos textos (especialmente se você já tiver um conhecimento prévio ou for especialista no nicho que escolheu); contudo, também é possível contratar um profissional freelancer.

Outra dica importante para a criação de conteúdos de blog: seja consistente. Defina um fluxo regular de postagens, como uma por semana, três a cada quinze dias ou o que funcionar melhor para a sua marca.

Estratégia de inbound marketing: SEO

Agora que você já sabe o que é inbound marketing, deve ter reparado que o SEO é um elemento determinante para o sucesso das estratégias que estamos discutindo.

Pois é: o SEO é não só uma das estratégias mais relevantes do inbound, mas sim uma das etapas mais significativas do inbound marketing.

De um modo geral, o SEO funciona como um mecanismo que garante a possível descoberta do seu conteúdo por visitantes e pessoas interessadas, pois ajuda a ranquear o site em mecanismos de busca como o Google e o Yahoo.

A melhor maneira de descobrir os termos mais populares e as palavras-chave mais relevantes para o seu nicho é utilizando ferramentas especializadas, como o Planejador de palavras-chave do Google (que é totalmente gratuito). Se você preferir, também pode usar ferramentas pagas, como a SEMrush.

Não se esqueça de concentrar a sua pesquisa em termos relevantes que tenham um volume mensal de ao menos 1.000 – 10.000.

SEGREDO DOS NOSSOS ESPECIALISTAS EM SEO: para criar uma estratégia de SEO de sucesso, uma das melhores coisas a fazer é verificar a popularidade da palavra-chave que você decidiu usar. Para fazer isso, digite “Allinurl: palavra-chave” ou então “Allinpage: palavra-chave” no Google, como fizemos na imagem abaixo:

Você não só vai poder ver o número de vezes que o termo está sendo usando em URLs ou em cabeçalhos, mas também terá uma visão mais clara de quem são os seus principais concorrentes.

Lembre-se: o ideal é encontrar uma palavra-chave com um alto volume de busca e baixa concorrência.

Outra etapa importante para o processo de SEO é avaliar as páginas que são listadas nas primeiras posições (de preferência as três ou quatro primeiras) e ver de que forma esses sites estão utilizando as palavras-chave. Dessa forma, você poderá montar o seu próprio conteúdo com mais segurança.

Estratégia de inbound marketing: redes sociais

As redes sociais são canais poderosos para lojistas que, assim como você, estão atrás de uma plataforma na qual possam conversar com clientes e atrair consumidores em potencial. Só o Instagram possui 1 bilhão de usuários ativos – uma mina de ouro para quem quer ampliar o alcance de uma marca.

Se a sua loja ainda não possui perfis nas redes sociais (ou não possui uma presença significativa nessas plataformas), sugerimos que você invista primariamente no Facebook e no Instagram.

Como são as duas redes mais populares, elas poderão ajudar você a determinar quais canais podem funcionar melhor para a sua marca, o seu nicho e, claro, o seu público-alvo.

Em termos de conteúdo, é importante tentar diversificar: é nas redes sociais, afinal, que você poderá testar e avaliar quais conteúdos funcionam de fato – e quais podem ser descartados. Vai ver o seu público-alvo não recebe bem conteúdos em vídeo; ou de repente eles preferem que os conteúdos do blog também sejam publicados no Instagram, só que no formato de Stories.

Marketing inbound: uma estratégia com alto potencial

Nós começamos definindo o que é inbound marketing. Depois, mostramos como ele funciona e quais são as principais estratégias a serem utilizadas.

Só falta uma última dica: para que o inbound funcione, ele precisa ser compatível com a sua marca.

Sim, é uma estratégia trabalhosa, que requer tempo e esforço; mas é também uma estratégia com um alto potencial de lucro.

Se você está buscando resultados imediatos, o inbound marketing certamente não será a melhor solução. Mas você pode buscar outras estratégias que proporcionam resultados rápidos, como os anúncios pagos do Facebook.

Por outro lado, o inbound também pode ser usado como uma extensão das suas outras táticas de marketing – e não como estratégia única. Assim, você pode usar os anúncios pagos para conquistar resultados mais rápidos e, ao mesmo tempo, investir em uma tática que dê frutos lá na frente.

Quer saber mais?

Quer saber mais sobre o marketing inbound, marketing nas redes sociais, SEO ou e-commerce? Deixe um comentário aqui embaixo!

Nós usamos cookies para melhorar o desempenho do site e criar uma experiência de navegação totalmente exclusiva. Se você aceitar navegar pelo nosso site, estará aceitando também a nossa política de privacidade.