Como vender no Instagram: guia para lojistas do dropshipping

O Instagram é o queridinho de quase meio mundo: usuários, influenciadores, celebridades, marcas e, claro, empreendedores dos mais diversos nichos do e-commerce, que já descobriram como vender no Instagram.

No entanto, muita gente ainda se pergunta se tem como ganhar dinheiro no Instagram; e um número igualmente alto de empreendedores iniciantes do dropshipping está sempre querendo saber o que mais vende no Instagram.

Foi pensando nisso que decidimos criar um post que não só mostrasse que sim, é possível ganhar dinheiro no Instagram ou que discutisse o que vender no Instagram – mas que também servisse como um pequeno guia para quem quer vender no Instagram com o dropshipping.

Vamos começar?

Por que vender no Instagram?

Bom, o primeiro motivo é que 70% dos usuários do Instagram usam a plataforma para procurar novas lojas e marcas.

E o segundo motivo é que 62% dos usuários seguem ao menos uma marca no Instagram.

Os dados demográficos também são relevantes para quem quer saber como vender pelo Instagram: 29% dos usuários são mulheres, enquanto os homens ficam na marca dos 22%; por outro lado, 53% de todos os usuários da plataforma têm entre 18 e 29 anos.

Aqui, então, vai a primeira das nossas dicas para vender bem no Instagram: delimitar o seu público-alvo antes de começar a planejar campanhas de marketing.

Os dados acima, por exemplo, indicam que o Instagram pode ser uma plataforma especialmente lucrativa para marcas cujo público-alvo é composto por mulheres jovens.

Nós fizemos um post inteiro só com estatísticas do Instagram para empreendedores; dê uma olhadinha nele quando acabar a leitura!

Instagram ou Facebook?

Quem quer saber como vender no Instagram (ou está buscando o que mais vende no Instagram) precisa, primeiro, fazer uma análise comparativa entre a plataforma e algumas outras redes sociais; e, se você é um empreendedor do e-commerce, certamente já deve ter lido inúmeros textos que colocam o Facebook como a plataforma mais poderosa para publicidade.

Na verdade, o Facebook é de fato um aliado importante – até porque vários outros canais de marketing apresentam um funcionamento bem similar ao do Facebook Ads. Os anúncios pagos que são exibidos no Instagram, aliás, costumam ser sincronizados com o sistema do Facebook Ads, e você pode vincular as contas com apenas alguns cliques.

Se compararmos as duas plataformas, veremos logo que o número de empresas que usa o Facebook como plataforma comercial é bem maior do que o número conquistado pelo Instagram. Isso indica que é possível vender mais no Instagram, já que a plataforma ainda representa um mercado menos saturado do que o Facebook.

No entanto, o número de marcas e empresas que buscam formas de vender pelo Instagram está aumentando exponencialmente – por isso, se você quiser mesmo fincar o seu pé lá na plataforma, é melhor começar logo.

O Instagram ganha do Facebook quando o assunto é o engajamento de seguidores. Por ser uma plataforma democrática, na qual todas as contas funcionam da mesma forma e têm as mesmas permissões de acesso, o Instagram permite que qualquer pessoa possa conversar com qualquer marca, influenciador ou celebridade – seja pelos comentários, pelo Direct ou mesmo pelos recursos interativos dos Stories.

Quando o assunto é ganhar dinheiro com o Instagram, portanto, uma das coisas mais importantes é lembrar que o trabalho de um empreendedor não será apenas o de vender pelo Instagram. Ele precisará criar uma identidade acessível, divertida e descontraída na plataforma; uma que agrade os clientes e que os incentive a interagir com a marca.

Outra coisa importante para empreendedores que querem saber como fazer vendas pelo Instagram: é necessário incorporar hashtags relevantes aos seus conteúdos.

As hashtags ajudam a disseminar as suas publicações e podem ajudar o perfil a conquistar, de maneira orgânica, mais seguidores.

É importante destacar também que, para ganhar dinheiro no Instagram, a sua estratégia de publicação provavelmente será bem diferente da que você já utiliza no Facebook. Isso acontece porque o Instagram, diferente do Facebook, é uma plataforma propícia para diversas publicações diferentes num mesmo dia.

Quanto mais você postar – seja no feed ou nos Stories – maior será o engajamento dos seus seguidores.

Instagram ou Snapchat?

Para além do Facebook, um canal clássico e bem-estabelecido do mundo do e-commerce, também temos o Snapchat: uma plataforma mais experimental e descontraída.

Empreendedores que querem saber como usar o Instagram para vender, então, podem pensar no Facebook e no Snapchat como dois extremos opostos – e o Instagram como uma opção intermediária, que possui tanto as melhores práticas do Facebook como os recursos visuais e interativos do Snapchat.

Uma vez que o assunto é como vender no Instagram, vale lembrar que a plataforma já possui todos os recursos que orientam a experiência dos usuários do Snapchat – só que conta com um alcance muito maior.

Isso significa que você pode usar os recursos interativos que são a marca do Snapchat (como os Stories, os emojis, os gifs e muito mais) para criar os seus conteúdos do Instagram e impulsionar essas publicações com um sistema de anúncios pagos totalmente integrado ao Facebook Ads.

Em outras palavras: você pode unir o melhor dos dois mundos.

Agora que já delimitamos a importância da plataforma para o e-commerce, está na hora de descobrir como vender muito no Instagram.

Criação do perfil

Não adianta nada descobrir como vender produtos no Instagram (ou então o que mais vende no Instagram) se você não tiver, primeiro, as ferramentas e dicas necessárias para construir um bom perfil, não é verdade?

A criação de um perfil do Instagram pode ser definida em três etapas: a primeira delas é o upload da imagem de perfil. O ideal é utilizar o logotipo da sua marca ou então alguma foto que possa ser facilmente identificada mesmo em um tamanho tão reduzido.

A segunda etapa é a criação da bio – aquele pedacinho de texto que é exibido no perfil e que, no caso de empresas e lojas, compartilha a mensagem ou o slogan da marca. O espaço da bio é extremamente limitado, então é bom começar a praticar uma escrita concisa e objetiva.

A terceira e última etapa, então, é: saber como usar o espaço de links.

Esta etapa é especialmente importante para quem quer ganhar dinheiro no Instagram, já que a plataforma só permite a inclusão de um único link clicável na bio.

Ou seja: você não pode incluir links em conteúdos do feed, nos comentários e tampouco nos Stories – a não ser, é claro, que o seu perfil já tenha mais de 10 mil seguidores.

Por isso mesmo, algumas das melhores ideias para vender no Instagram trabalham com a possibilidade de trocar o link da bio sempre que for necessário: você pode deixar o link da loja virtual como o padrão e, quando estiver realizando alguma promoção exclusiva, trocá-lo por um que esteja diretamente vinculado ao evento.

Agora que você já sabe o básico para criar um bom perfil do Instagram, podemos conversar sobre como transformar a plataforma em um canal de marketing para a sua loja.

Como usar o Instagram para vender: criação de uma estratégia de conteúdos

Nós já falamos sobre isso brevemente ali em cima, mas vale retomar: não adianta descobrir o que vender no Instagram – e tampouco ler todos os guias que mostram como vender no Instagram. Por mais que essas leituras sejam indispensáveis, elas simplesmente não dão conta do trabalho todo, porque o seu nicho e a sua loja possuem certas especificidades que precisam ser levadas em conta. E uma dessas especificidades está relacionada à criação de conteúdos.

Antes da venda, afinal, vem o post; o conteúdo da marca que incentivou o cliente e fez com que ele realizasse a compra.

Como, então, definir uma estratégia de conteúdos?

A primeira coisa é definir alguns objetivos concretos: conquistar um número X de seguidores, conseguir um número específico de curtidas ou mesmo estabelecer uma taxa de engajamento. Depois disso, está na hora de começar a criar conteúdos para o perfil da marca – e monitorar o desempenho dessas publicações.

As próximas seções deste post discutirão justamente o processo de criação de conteúdos.

Como vender no Instagram: os elementos indispensáveis de um perfil popular

Vender no Instagram significa vender por um meio visual. Por isso mesmo, a dica essencial para quem quer saber como vender no Instagram é: construa uma identidade visual bem definida – e invista em conteúdos que mostrem um estilo de vida compatível com a marca e, claro, com os produtos anunciados.

A sua loja vende óculos de sol? Compartilhe fotos de pessoas com óculos de sol em praias paradisíacas ou em atividades comumente associadas ao verão. Crie, visualmente, a ideia de liberdade, férias, independência e descontração; compartilhe looks completos para diferentes atividades que incluam os óculos de sol da sua marca; em outras palavras: para ganhar dinheiro com o Instagram, faça com que os seus seguidores vejam a si mesmos dentro daquele conteúdo.

Vejamos, então, como criar fotos que transmitam essa mensagem. Pronto para arregaçar as mangas e colocar a sua criatividade e o seu senso estético para trabalhar?

Composição

A composição nada mais é do que o conteúdo da foto: o produto que está sendo fotografado e a forma como ele está sendo exibido.

Se você vende camisetas, por exemplo, pode optar por postar apenas fotos dessas camisetas com um plano de fundo de cor sólida, e esta será a sua composição.

Vale lembrar que, como usar o Instagram para vender pode ser uma atividade competitiva e complicada – especialmente em se tratando de nichos de alta concorrência – não é raro encontrar marcas que utilizem uma composição mais variada, composta por imagens extremamente coloridas ou com muitos itens.

Como falamos ali em cima, tudo vai depender da sua marca, do seu produto, do seu nicho e, claro, da sua habilidade com a fotografia e a criação de conteúdos visuais.

A composição também é uma excelente ferramenta para definir o que pode ser usado – e o que pode ser descartado – na criação de conteúdos. Se você já definiu o que vender no Instagram e optou por camisetas, por exemplo, evite publicar fotos de casacos, sapatos ou acessórios, pois esses produtos estão fora do tema da loja.

Como fazer vendas pelo Instagram: utilização de cores e fontes

Trabalhar com uma paleta de cores significa que todos os seus conteúdos terão um aspecto similar – o que, numa plataforma visual, pode ser particularmente benéfico.

No entanto, isso não significa que você precise limitar os seus conteúdos a apenas um punhado de tonalidades para vender no Instagram.

Você pode seguir a estratégia mais comumente utilizada e ajustar as publicações de acordo com um tema, como as estações do ano – no inverno, tons de azul, cinza e preto; no outono, tons de amarelo, laranja e marrom – ou, então, seguir por um caminho mais criativo: trabalhar apenas com produtos vermelhos e criar conteúdos em tons de vermelho, vinho, carmim e rosa; trabalhar apenas com cores sólidas, e por aí vai; as opções são inúmeras, e estão todas à sua disposição.

Não se esqueça de analisar essas estratégias dentro do contexto mais amplo: avalie se o feed ficará esteticamente agradável e se é possível contar uma história com as publicações.

Lembre-se: o seu feed é, de certa forma, a vitrine da sua loja. Use-o para narrar uma história de valor, para anunciar produtos e, claro, para destacar os benefícios da sua marca.

Outro elemento importante sobre como vender no Instagram é a fonte que será utilizada nessas fotos e imagens – de preferência, a mesma que você já usa na sua loja virtual

Filtros

Você já visitou algumas contas e perfis do Instagram e teve a impressão de que havia uma certa coerência nas postagens? Pois é, provavelmente foi por conta dos filtros usados por esses perfis, outro elemento imprescindível para lojistas que querem ganhar dinheiro no Instagram.

Você pode criar um perfil que publique apenas imagens em preto e branco, ou então definir um conjunto bem mais específico de filtros.

Apesar de serem excelentes recursos, é sempre bom lembrar que os filtros podem acabar alterando significativamente a imagem, removendo alguns detalhes relevantes do produto; por isso mesmo, é bom avaliar os níveis de brilho, contraste e luz antes de publicar uma imagem.

Como vender pelo Instagram com a utilização de legendas

Ganhar dinheiro com o Instagram é mais do que postar uma foto bonita; por isso mesmo, é importante planejar com cuidado aquela parte que vem logo abaixo da foto – a legenda e as hashtags.

Como o Instagram é uma plataforma visual, você não precisa perder tempo criando legendas muito elaboradas ou demasiadamente longas. Concentre-se em uma ou duas frases e não se esqueça de estabelecer uma mensagem coerente, com um tom bem definido: a sua marca é descontraída? Faz piadas? Trocadilhos? Ou é mais séria e prefere frases de impacto?

As melhores hashtags para vender no Instagram

O último elemento técnico de como vender no Instagram, mas certamente não o menos importante: as hashtags.

A presença das hashtags no corpo da publicação ou mesmo na seção de comentários do post é um elemento importante para impulsionar o nível de engajamento da sua conta, além de ser uma estratégia orgânica e extremamente comum.

Se você souber escolher as hashtags corretas, conseguirá cativar um público extremamente engajado e diferenciado.

Não sabe como escolher as hashtags para a sua loja? Bom, dê uma olhada nos seus concorrentes ou em lojas que servem como inspiração para a sua marca e avalie as hashtags que esses perfis estão usando.

Evite hashtags saturadas, pois elas geram um número extremamente alto de conteúdo, e invista naquelas que estão começando a ganhar popularidade ou então são usadas por um nicho bem específico.

Como vender bem no Instagram: invista no crescimento orgânico

Já discutimos como criar um bom perfil e como estabelecer uma boa estratégia de conteúdos; agora, está na hora de analisarmos alguns últimos fatores importantes.

A nossa conversa, afinal, começou como uma resposta para a pergunta: “Tem como ganhar dinheiro no Instagram?”. Por isso mesmo, é importante que você tenha em mente o objetivo final de construir um excelente perfil e definir o que publicar (e como publicar): conquistar um alto número de seguidores e, possivelmente, gerar mais vendas.

É claro que esse objetivo não será atingido da noite para o dia: cultivar um público de seguidores no Instagram é tarefa longa e demorada, que vai muito além de um único post ou um só mês de trabalho.

Como a ideia é crescer o seu perfil de maneira orgânica, é importante que você esteja atento aos três pilares do Instagram para e-commerce: a frequência de postagem, as contas que você deve seguir e o monitoramento de visitantes.

Frequência de postagem

Como mencionamos no início deste post, a frequência de postagem é um elemento importante de como vender pelo Instagram – e requer um cuidado especial, já que a lógica por trás do cálculo é diferente da que normalmente fazemos com o Facebook ou com outras redes sociais.

Por mais que seja uma boa ideia publicar um novo conteúdo ao menos uma vez por semana, para ganhar dinheiro com o Instagram o ideal é publicar entre 4 ou 5 vezes na semana ou mesmo várias vezes ao dia. Só não se esqueça de manter uma certa consistência entre os conteúdos e de se certificar que eles sejam de alta qualidade.

Ainda não encontramos nenhuma pesquisa que indique um limite máximo de postagens por dia no Instagram, então é melhor trabalharmos com a ideia de que mais vale postar do que não postar.

Além disso, postar muito pouco pode reduzir a presença da sua loja na plataforma e, consequentemente, no feed do seu público-alvo.

No final do dia, a frequência de postagem dependerá do seu nicho, do tipo de produtos que você vende e, claro, do seu público-alvo. Por ora, trabalhe com a possibilidade de publicar ao menos uma ou duas vezes por dia.

Vejamos a próxima dica sobre como vender no Instagram.

Quais contas seguir

Outra forma de conquistar mais seguidores (e, potencialmente, ganhar dinheiro no Instagram) é começar a seguir contas com públicos similares ao seu ou mesmo contas de influenciadores ou celebridades que possam estar interessadas na sua marca.

A forma mais fácil de encontrar novas contas para seguir é acessando a aba “Explorar” da plataforma; vale lembrar ainda que é nessa aba que as suas hashtags serão exibidas.

Procure por contas de marcas similares ou complementares à sua: se você tem uma loja de óculos de sol, comece a seguir marcas que vendam produtos do mesmo nicho ou então influenciadores que possam trabalhar com a sua loja.

Lembre-se: seja estratégico quando delimitar as contas que vai seguir, pois isso se refletirá no seu número de seguidores.

Muitos empreendedores que se perguntam se tem como ganhar dinheiro no Instagram – e aqueles que querem saber como usar o Instagram para vender – acabam se esquecendo de que o foco não deve ser “o que mais vende no Instagram”: especialmente nesse início de jornada, o seu foco deve ser o de construir relações duradouras com os seus seguidores.

E isso se reflete em ações pequenas, mas significativas: seguir as contas pessoais e privadas dos seus clientes; curtir e responder aos comentários deixados no seu perfil; comentar nas fotos e nos conteúdos de outras contas, e por aí vai.

A verdade é que o engajamento costuma ser bem mais importante do que conquistar um altíssimo número de seguidores: se você conseguir cultivar seguidores engajados, conseguirá realizar mais vendas.

Como vender pelo Instagram: monitoramento de visitantes

Uma das ferramentas mais importantes para empreendedores que querem vender pelo Instagram, o monitoramento de visitantes permite acompanhar o número de acessos que o seu perfil está recebendo, descobrir quem são essas pessoas e, claro, avaliar se as suas estratégias estão funcionando.

Gostou da ideia? Dê uma conferida em apps como o InstaView.

Como vender no Instagram: anúncios pagos

Além de investir no crescimento orgânico de seguidores, você também pode optar por criar uma estratégia de anúncios pagos como parte do seu plano para vender no Instagram.

Esses anúncios são exibidos no feed do seu público-alvo, tal como se fossem uma publicação de uma conta privada – e você pode criá-los com fotos, vídeos e outros recursos; se preferir, também pode potencializar a forma de como fazer vendas pelo Instagram com anúncios pagos nos Stories.

Para começar, você só precisa vincular o perfil da loja à conta do Facebook Ads.

Como vender no Instagram: conclusão

Este artigo foi criado com o objetivo de fornecer algumas respostas a empreendedores preocupados, que querer saber não só como fazer vendas pelo Instagram, mas se tem como ganhar dinheiro no Instagram.

Por isso mesmo, decidimos conversar em mais detalhes sobre alguns dos pontos mais relevantes de como vender no Instagram, desde a construção de um bom perfil até algumas dicas concretas de criação de conteúdo.

Lembre-se: a ideia não é sair procurando o que vender no Instagram para ganhar dinheiro e começar a criar anúncios de qualquer forma. Cultivar uma marca, uma identidade visual concreta e, claro, um número orgânico de seguidores é uma tarefa lenta e demorada – mas pode gerar frutos incríveis.

Quer saber mais?

E você, já começou a ganhar dinheiro com o Instagram? Quer saber como usar o Instagram para vender produtos? Deixe um comentário aqui embaixo!

Nós usamos cookies para melhorar o desempenho do site e criar uma experiência de navegação totalmente exclusiva. Se você aceitar navegar pelo nosso site, estará aceitando também a nossa política de privacidade.