Como abrir uma empresa: guia completo

O empreendedorismo é um estilo de vida que agrada a muitos lojistas e interessados no e-commerce, mas o simples fato de ter que descobrir como abrir uma empresa ou uma loja virtual acaba sendo tão assustador e complexo que muita gente desiste antes mesmo de começar.

Afinal, o que é preciso para abrir um negócio próprio? O que você precisa fazer antes de abrir uma loja virtual?

Este post vai mostrar um passo a passo para abrir uma empresa – mas antes de começarmos, é bom lembrar que estamos usando “empresa” no sentido do e-commerce: não vamos discutir os elementos legais e jurídicos do processo, mas sim as ações concretas que você precisará realizar: decidir o nicho, o produto e por aí vai.

Como abrir uma empresa: guia para o e-commerce

1. Você está pronto para montar um negócio?

Essa história de esperar o momento certo para abrir uma empresa simplesmente não existe: é furada.

Na verdade, esperar pelo tal “momento certo” ou “hora certa” é um comportamento danoso, porque pode acabar impedindo você de realmente arregaçar as mangas. Quando mais você espera, mais estagnado fica.

Quando o assunto é abrir uma empresa online ou um e-commerce, o que conta é a sua determinação: você está pronto para fazer isso dar certo?

Se você não respondeu que sim mesmo olhando para a tela do computador, talvez seja melhor avaliar se o empreendedorismo realmente é para você.

Insisto nessa tecla porque dizer que você quer abrir um negócio é simples; o difícil é transformar essa vontade em algo que gere dinheiro.

E é difícil justamente porque os desafios estarão em todos os lugares: você precisará criar anúncios, pensar em estratégias de publicidade e marketing, marcar presença constante nas redes sociais, cuidar das demandas e solicitações dos clientes e, claro, gerar vendas.

Se você não estiver preparado para lidar com isso tudo, qualquer fracasso (por menor que ele seja) pode ser devastador.

Pronto para continuar?

Vamos dar uma olhada nos próximos passos essenciais para quem quer saber como abrir uma empresa

stars align

2. Escolha o seu próprio negócio

A segunda etapa do nosso passo a passo para abrir uma empresa parece simples, mas é de extrema importância: escolher o tipo de negócio que você quer abrir.

Você já tem algum nicho em mente? Já sabe quais tipos de produto quer vender? Está querendo abrir uma empresa que possa ser transformada em uma fonte de renda passiva? Vai trabalhar sozinho ou com um parceiro? Na internet ou no varejo físico?

Essas são só algumas das perguntas que você precisa saber responder durante a sua jornada para descobrir como abrir um negócio.

Ainda não sabe nem o quanto pode investir? Bom, a internet está cheia de ideias dos melhores negócios para abrir com pouco dinheiro.

Você pode abrir uma loja na Shopify, como a Sobrebarba fez, e se especializar em produtos para barba e higiene masculina; no entanto, você também pode criar um serviço de consultoria sobre marketing. Quem decide é você.

A melhor forma de encontrar o nicho certo para a sua empresa é criar uma lista com ideias de negócio – de preferência, ideias pelas quais você seja apaixonado ou com empreendimentos que o motivem: yoga, finanças, animais, filmes, comida, roupas…

Em seguida, use uma ferramenta como o Planejador de palavras-chave do Google, que é gratuita, ou então os serviços da SEMrush para verificar se as palavras que você listou são populares e apresentam bons volumes de busca.

Você também pode usar o Google Trends para avaliar se os termos estão em alta ou não; dessa forma, pode otimizar a abertura de empresa e investir em nichos que possuem um bom potencial de crescimento.

A próxima coisa a fazer é uma das mais importantes etapas para abrir uma empresa. Olhe com atenção as três palavras-chave mais populares da sua lista e pergunte para si mesmo:

“Quais desses nichos (ou produtos) vão continuar me motivando a criar conteúdos e ferramentas mesmo daqui a cinco anos?”

É uma pergunta difícil, mas os desafios fazem parte do processo.

Pronto para continuar o nosso guia sobre como abrir uma empresa?

3. Como criar uma empresa: faça uma boa pesquisa de mercado

Agora que você já decidiu que quer montar um negócio e já escolheu com o que quer trabalhar, está na hora de descobrir se (e como) você pode ganhar dinheiro com o nicho ou produto escolhido.

Vamos supor que você decidiu se concentrar em encontrar os melhores negócios para abrir com pouco dinheiro e ainda assim trabalhar com a sua paixão: cães.

Você pode abrir um canil, um serviço para passear com cães, uma loja virtual de acessórios, um blog especializado e por aí vai.

Agora que você já definiu o seu nicho, está na hora de se concentrar num aspecto mais prático de como abrir uma empresa: escolher quais são os serviços que você vai oferecer.

Para fazer isso, avalie os serviços que necessitam de menor investimento inicial, aqueles que mais se alinham ao seu talento pessoal, aqueles que têm mais chances de sucesso e por aí vai.

Vale lembrar também que você não precisa encontrar apenas uma solução: é perfeitamente viável, por exemplo, abrir um serviço para passear com cães que também tenha uma loja virtual. Da mesma forma, um blog especializado pode ser monetizado sem grandes dificuldades.

Como abrir um negócio não é uma receita de bolo, é sempre bom lembrar que as decisões e caminhos possíveis dependem sempre de você, o empreendedor.

O resultado abaixo, gerado pelo Google Trends, mostra que o tópico “passeio para pets” ainda está em alta, com uma nova tendência de crescimento.

Agora, então, está na hora de irmos para a quarta etapa de como criar um negócio online.

4. Como criar uma empresa: defina objetivos e expectativas realistas

Não é raro encontrar pessoas que, mesmo cheias de ideias para empreender, alimentam expectativas irreais e ingênuas. São essas pessoas que investem quantias absurdas de dinheiro em anúncios e publicidade paga achando que vão duplicar ou triplicar o investimento – e acabam é no vermelho.

Muita gente se esquece que, na prática, abrir uma empresa significa passar por um início bem atribulado; significa, acima de tudo, ter que lidar com o fracasso.

Por quê? Porque é o seu primeiro negócio; sua primeira abertura de empresa.

O grande problema de achar que “se aquele cara conseguiu abrir um negócio de sucesso, eu também consigo” é que você acaba ignorando o fato de que aquele cara já deve estar na quarta ou quinta tentativa; que ele já está nessa há uns sete anos ou mais.

Eu adoro a expectativa e a animação de quem está começando a descobrir como abrir uma empresa e está decidido a entrar no mundo do e-commerce; na verdade, não há nada de errado nisso.

O problema é embarcar nessa jornada achando que dá para conquistar o mundo em um só dia. Se você pensar assim, vai de desapontar logo no início e não vai mais encontrar a disposição para seguir em frente.

A grande diferença entre um negócio de sucesso e um que falhou pode ser resumida em uma única palavra: perseverança.

Você está disposto a continuar promovendo o seu site mesmo depois de passar um mês inteiro sem visitantes e sem realizar uma venda sequer? Vai saber identificar uma estratégia de marketing que simplesmente não está funcionando e assumir que está na hora de mudar o foco? Vai saber investir em planos que darão resultados apenas lá na frente e ignorar os truques para lucro imediato?

Os primeiros meses serão difíceis, mas isso não significa que você não pode planejar. Por isso mesmo, este é o momento ideal para definir os objetivos que você pretende alcançar com a sua marca.

No lugar de pensar em como abrir um negócio para realizar vendas o mais rápido possível, que tal primeiro criar conteúdos que gerem tráfego relevante?

Ou, no lugar de correr para descobrir como abrir uma empresa de grande escala, investir no Instagram e conquistar um número significativo de seguidores por lá?

Se você preferir, pode fazer uso do modelo de objetivos SMART para organizar as suas metas – só não se esqueça de que elas serão determinadas sobretudo pelo seu nicho e pela sua própria experiência profissional.

5. Como abrir uma empresa: crie um plano de negócios consciso

Se o seu objetivo é descobrir como abrir uma empresa sozinho e você não tem planos de pedir um empréstimo no banco, não precisa se preocupar em criar um plano de negócios extremamente detalhado.

Em um pedaço de papel ou mesmo no bloco de notas do seu computador, crie uma pequena lista com itens como:

  • Os problemas que o seu negócio vai resolver;
  • Uma frase que resuma, em poucas palavras, o que você faz;
  • Os seus públicos-alvo (donos de cães, pessoas que seguem contas de animais nas redes sociais e assim por diante);
  • A análise SWOT, essencial para quem quer montar um negócio;
  • Plano de marketing (ideias para promover a sua loja);
  • Plano financeiro (outro elemento essencial para quem está no processo de abertura de empresa);
  • Projeções financeiras para os próximos semestres.

6. Como criar uma empresa: procure fontes de feedback 

Você já listou algumas ideias para empreender, já delimitou o nicho no qual vai abrir um negócio, já esboçou os objetivos principais…

Agora está na hora de colocar a sua ideia no mundo e pedir o feedback de outras pessoas. É um momento assustador do processo de abertura de empresa, e com razão, pois é aqui que muitas ideias de negócio acabam morrendo.

A ideia principal por trás do feedback é pedir uma opinião externa sobre como você pode melhorar e otimizar a sua ideia inicial. Mas, no lugar de pedir um feedback sobre a ideia inteira, peça um feedback específico, sobre um componente determinado ou um elemento que você ainda não decidiu.

Só não peça para alguém que você ama: um familiar, um amigo ou um companheiro. Vai por mim.

Entre em contato com outros empreendedores pela internet ou mesmo na sua própria cidade: eles poderão ajudar com conselhos concretos, e o melhor de tudo é que você pode acabar firmando parcerias importantes no processo.

7. Como abrir uma empresa: encontre uma forma de arcar com os custos

A questão do capital para abrir uma empresa é sempre uma que costuma dar calafrios em novos empreendedores, mas está longe de ser um bicho de sete cabeças.

Na verdade, uma das formas mais comuns de arcar com os custos de um e-commerce é continuar trabalhando no seu emprego oficial. Em outras palavras: não abandone o seu emprego se a sua loja virtual ainda não está pagando os boletos e nem gerando renda mensalmente – e, talvez ainda mais importante, não largue o seu emprego até que os lucros da loja rendam um dinheirinho importante para os momentos difíceis.

Além disso, é sempre bom lembrar que os primeiros lucros da sua loja não acabarão no seu bolso, mas sim em investimentos para o futuro: estratégias de marketing, anúncios, redes sociais, ferramentas, hospedagem de site…

É claro que, se você estiver trabalhando pela internet, mas não necessariamente com um e-commerce, terá custos menores.

8. Como criar uma empresa: busque um parceiro comercial 

Sim, montar um negócio sozinho pode ser desafiador e emocionante, mas também pode ser um pouco solitário. Se você não é o tipo de pessoa que funciona bem com a solidão, que tal buscar um parceiro comercial?

Abrir um negócio é tarefa árdua, demorada e cheia de pequenas atividades e esforços que consomem tempo e dinheiro: com quatro mãos no trabalho, a coisa pode andar mais rápido, os gastos para abrir uma empresa podem ser divididos e as ideias de negócio podem vir com mais facilidade.

Uma coisa importante sobre parcerias é: você precisa conhecer a fundo a pessoa com a qual vai trabalhar. Ela é confiável? Vocês já trabalharam juntos antes? Podem lidar bem com situações estressantes e sabem resolver conflitos? Se são amigos, será que a amizade aguenta esse lado empresarial?

Avalie com cuidado todas as variantes e todas as possibilidades antes de escolher um parceiro comercial, pois escolher a pessoa errada pode gerar consequências desastrosas.

how to start a business with a partner

9. Como abrir uma empresa: não se esqueça do nome

Criar o nome perfeito para a sua empresa é uma das etapas mais difíceis e desafiadoras de abrir um negócio – especialmente se você estiver buscando um domínio .com. Por sorte, você pode usar um gerador de nomes gratuito como o do Oberlo para te ajudar.

A grande maioria das marcas tenta incluir ao menos uma palavra-chave relevante no nome, como “modas” ou “fashion” no setor de vestuário; outras criam um nome original, como o Oberlo.

Lembre-se: o objetivo é criar um nome pequeno, que fique na cabeça dos clientes e que seja fácil de ser soletrado ou falado. Sim, além de saber como abrir um negócio, um bom empreendedor também não pode ter medo de ser criativo.

As melhores ideias às vezes ficam escondidas e só dão as caras quando você está conversando e fazendo um brainstorm com amigos; por isso, não tenha medo de pedir uma segunda opinião antes de tomar uma decisão.

10. Como abrir uma empresa: registre o empreendimento

Por mais que você esteja trabalhando pela internet, é sempre bom lembrar que, no final do dia, você está exercendo uma atividade remunerada: abrir um negócio, afinal, significa gerar renda. Por isso mesmo, é seu dever cumprir as normas e regulamentações que vigoram na sua cidade, estado ou país.

Se você está se perguntando como abrir sua empresa legalmente, dê uma olhada no portal do microempreendedor (MEI) e no site da SEBRAE.

Estamos quase lá: agora, vamos ver como colocar em prática algumas ideias para empreender no e-commerce.

11. Como abrir uma empresa: crie e anuncie um produto ou serviço

As ideias de negócio dentro do mundo do e-commerce e da internet são inúmeras. Quando o assunto é encontrar um produto ou serviço para vender, então, pode respirar tranquilo: já já você encontra o item certo.

Se você está pensando em trabalhar com o e-commerce, pode usar o Oberlo para encontrar produtos: nós temos milhões de itens disponíveis e trabalhamos com vários nichos diferentes, como moda, casa e jardim, eletrônicos e muito mais.

Outra opção é monetizar a sua própria experiência profissional e criar produtos digitais como eBooks, cursos, músicas ou outros conteúdos que possam ser comercializados.

Se preferir, você também pode trabalhar como consultor ou mesmo criador de apps e recursos para pequenos empreendedores. Na verdade, os melhores negócios para abrir com pouco dinheiro são sempre aqueles nos quais você pode usar a sua própria experiência a seu favor.

Estamos quase lá: o nosso passo a passo para abrir uma empresa está chegando ao fim.

12. Como abrir uma empresa: anuncie, promova, divulgue

A parte mais importante desse processo é saber anunciar, promover e divulgar o seu empreendimento. Se ninguém souber que você existe e que está fornecendo um produto ou serviço, as suas ideias para empreender simplesmente não sairão do papel.

Vejamos, então, algumas dicas concretas para colocar o seu empreendimento na boca do povo:

  • Facebook: você pode criar anúncios no Facebook Ads voltados para públicos-alvo e interesses mais “gerais”, aumentando as chances de que a sua marca seja notada. Outra opção é postar em grupos fechados do Facebook e criar uma página oficial da marca;
  • Instagram: aposte nas hashtags e nos Stories para criar conteúdos interativos e descontraídos;
  • Pinterest: crie os seus próprios conteúdos ou publique conteúdos da marca em contas mais conhecidas – mas não se esqueça de promover outras marcas na sua própria conta;
  • LinkedIn: crie uma identidade profissional para si mesmo e para o seu empreendimento com artigos e posts especializados;
  • SEO: otimize o seu site e os posts do seu blog com palavras-chave para que ele seja ranqueado nos mecanismos de busca;

Passo a passo para abrir uma empresa: conclusão

Pronto, você já sabe o básico; agora está na hora de começar a sua jornada.

O desconhecido é sempre assustador, mas há algo de incrivelmente poderoso em saber que você estará no controle do seu futuro profissional. Sim, você ainda vai enfrentar percalços e desafios pelo caminho, mas não se esqueça dos seus objetivos e da sua coragem.

O primeiro passo, você já deu.

Quer saber mais?

Quer saber mais sobre os melhores negócios para abrir com pouco dinheiro? Fale com a gente pelos comentários!

 

 

Nós usamos cookies para melhorar o desempenho do site e criar uma experiência de navegação totalmente exclusiva. Se você aceitar navegar pelo nosso site, estará aceitando também a nossa política de privacidade.